Preconceito

É normal eu estar andando na rua e ouvir algum ignorante vomitar um comentário estúpido sobre “os crente”. Mais comum ainda é a eterna – e não totalmente mentirosa – comparação entre pastores e ladrões. Dolorido mesmo é estar em uma roda de amigos e ouvir ataques abertos à minha escolha, como projetos de abrir igrejas para ficarem ricos, simulações ridículas de exorcismos, comentários estúpidos por alguém estar de terno e coisas assim, vindas do meu próprio povo (às vezes me pergunto se um bando de asnos são realmente ‘meu povo’).

Até músicas existem! O Gabriel o Pensador que o diga, igreja de enganar otário é tudo igual, meu ovo pra você, manda muito mal às vezes. Filmes também, (não) veja Amarelo Manga, além de ruim é preconceituoso.

Lembro-me de algumas vezes ter visto pessoas com aparência de católicos praticantes[1] usarem o termo “protestante“. Protestante é a puta que te pariu, eu não protesto contra nada[2], sou EVANGÉLICO, com todas essas letras bonitas que você está vendo!

E é assim desde que me lembro ser gente. O pior é que sempre tenho que engolir essas atrocidades totalmente calado, como se não estivesse no lugar, o mínimo que posso dizer é que trata-se de algo revoltante.

Alguns reclamam do nosso hábito de pregar nossa crença pelos quatro cantos do mundo. Mas como iríamos fazer crescer a religião se não a espalhássemos? A Rede Globo de Televisão tenta enfiar seu ‘catolicismo-espírita‘ pela minha goela abaixo todos os dias e ninguém vem me defender, mas o pastor da Record chuta uma Aparecida de gesso e faz-se o maior escarcéu (em horário nobre!). Fodam-se, a estátua era dele, ele bota fogo se quiser. Um dos princípios do capitalismo, que foi derivado da ‘Teoria Liberal’ de John Locke, é: O direito á propriedade privada é natural do homem e foi garantido por Deus quando o Mesmo deu o Éden a Adão, ou seja, se ele comprou, é dele, o cara passa vaselina e enfia no rabo se achar que deve. Ponto[3].

Tem gente que se corta e se chicoteia todo, tem gente que vende tudo o que tem e vai morar em um mosteiro no Tibet, tem quem beije os pés de estátuas de barro, tem quem ore 5 vezes ao dia, tem quem se explode, tem quem cante mantras, tem quem cole pedrinha na testa, tem quem faça tudo isso junto, tem quem não faça coisa alguma, tem quem dê o dízimo e vá à igreja 3 vezes por semana. Difícil aceitar isso?

Se você faz piadinhas com qualquer religião, por favor, pare com isto. A partir de hoje não vou mais tolerar nenhum tipo de brincadeira ou comentário maldoso com nenhuma religião, a reação pode ser desde algumas palavras de cunho moral até minha retirada do recinto, depende do meu humor e de quem é o engraçadinho.

Mas você já ouviu aquela piada do judeu que encontrou o hindu comendo carne de porco? Há há há!

[1] Odeio ter que usar a expressão ‘católico praticante’, pra mim, católico que não vai à igreja não é católico e pronto, ‘não praticante’ é só jogada de marketing para engordar estatísticas mentirosas.

[2] Tá, eu protesto contra várias coisas, mas meus protestos não constituem uma religião.

[3] Sim, eu estou com bastante raiva no momento em que escrevo estes parágrafos.

Textos relacionados:

Deixe sua opinião

  1. Nem li tudo pq estou correndo estudando e fazendo teste pra emprego (ainda) mas tipo protestante contra a igreja catolica q convenhamos num fala nada com nada
    Ja vi catalico falar isso de mim protestante sim contra as ideologicas q a santa sé prega.

    Odeio esse termo, mas entre falar algo sem logica e evangelico evangelico.

  2. O problema nao é a critica ou a piadinha ou nada diferente. O foda de qualquer doutrina é quando se ve N ( nao todas ) pessoas passando por lavagens cerebrais e tentando cegamente convencer os outros de que aquele é o caminho certo. Eu sou do seguinte ponto de vista : O ser humano é uma merda. A religião ajuda a diminuir o quão merda o ser humano é, se a sua te faz bem, te faz feliz e te completa..excelente fico feliz da vida com vc. Mas pelo amor de deus, não me venha dar lições ou tentar provar x ou y que vc acredita pra mim. Seja feliz dentro da sua escolha e ponto. Quer espalhar? fale.. mas pra quem quer ouvir… não obrigue os outros a acreditar no que acreditas.

    No final das contas ninguem ainda voltou pra confirmar porra nenhuma sobre nada… e eu cetico como nunca prefiro ficar com meu prato de comida vazia, do que me agarrar nas facilidades e coisas bonitas que as religiões oferecem =)

    Respeito por tudo.. até por aqueles que nao querem sequer ouvir sobre deus, jesus cristo, buda e o cacete a quatro.

    *nada pessoal velhinho, nem nos conhecemos.. é so meu ponto de vista… na verdade o ponto de vista de um cara que teve uma irmã ex espirita convertida para evangelhica ( que diz que o passado dela era tomado pelo capeta ) que tenta me converter a todo custo… sem contar os amigos das escola que o faziam.

    Eu só digo uma coisa praqueles que acreditam na biblia. Se realmente acreditam chege em casa e coma sua mãe. Não tem nada de pecado nisso.
    vide adão/eva, cain e abel =)

  3. Eu acho que você tá largando mão de sua história e da memória daqueles que vieram antes de você. “Protestante é a pqp” foi tosco e nojento. Leia mais sobre a história da sua igreja, e se orgulhe disso.
    Fora isso, se a Bíblia Sagrada me dissesse que JONAS engoliu e cospiu viva a baleia, eu acreditava =D

  4. Confesso que foi um erro eu ter dito isso sobre os antigos protestantes, peço desculpas, não vou editar o texto para não parecer que estou tentando me esconder dos meus erros.

    Porém, temos que acabar com essa prática (principalmente dos católicos romanos) de nos chamar de protestantes, não protestamos mais, agora é 2.0! Somos evangélicos!

  5. Continuando…
    Ainda protestamos sim. Protestamos contra muitas práticas que NÓS consideramos erradas por parte da igreja católica. Reforma é massa.

    Mas eu entendo bem o que você quis dizer. Se prefere o termo evangélico, use-o com orgulho. Eu prefiro usar direto “presbiteriano” (vc vai na assembléia neh? foi um chute!) e me orgulho disso. Eu só não leio MAIS seu blog por falta de tempo.

    E um pouco de falta de interesse também.

    Fica com Deus, Marco.

  6. Mas ae… “guerreiro do futuro vindo do gueto” é paia. Primeiro, o fato de você ter vindo do gueto não te faz nem melhor, nem pior, e muitas vezes não é nem bom nem ruim pro seu amado gueto. Segundo, não seja um guerreiro ‘do futuro’. Seja guerreiro hoje.

    Algo como “Guerreiro do gueto” é tão ruim quanto o que tá nas fotos… mas é melhor.

    Claro que é só uma opiniãozinha.

  7. O termo “guerreiro do futuro” é comum em letras de hip-hop, usado para designar o cara que luta contra o sistema sozinho ou com seus irmãos, remando contra a maré.

    O termo guerreiro de hoje não foi usado exatamente por causa da citação ao hip-hop (especificamente ao Pregador Luo do Apocalipse 16).

    Eu fiz uma analogia do guerreiro do futuro com o guerreiro do passado no início do texto, exatamente para ajudar no esclarecimento da diferença entre “futuro” e “passado”.

  8. Caro Marco, vc deveria realmente se converter como alguém como vc diz ser evangélico, falando tantos palavrãos e preso a muitas coisas do mundo ainda. Te faço um desafio a você mesmo: Reflita nas suas formas de pensar e agir, e pergunte ao Espírito Santo se Deus e Jesus gosta da forma que se comporta? Não é ser radical ou careta, isto que te faço, é apenas uma questão de ser correto diante do Pai. Reflita no seu comportamento diante DELE. Fica com Deus e que ele possa abrir os seus conhecimentos.

  9. ah.Eu acho assim cada um tem sua religiao esegue a q quiser,o importante e acreditar em deus .Esses comentarios não tão com nada..

  10. marcos essa de pastor chutra imegens de outra religião na tv é estupides e é ser um grande mau carater que todos os representante de Deus tem que ensinar a paz entre todos os povos e religiões voçe ja viu algum padre chingar evangelico ou protestantes na tv , eu não e cada um com a sua fé não é igreja que vai salvar ninguem ,somente a fé que vai te salvar não a igreja , a busca de igrejas é so para te ajudar a respeitar as leis de Deus , e biblia e um pouco contrditoria , pense foi os romanos que a inscreverão se for todu verdade eu acho um pouco dificio ,se foram os propios que cruxificaram JESUS