Marco Gomes

Interneteiro, imigrante, nerd, cristão, biker. Founder da boo-box (vendida) e do Heartbit. Consigliere do JovemNerd

ATUALIZADO: Wallpapr, meu primeiro produto para a Web, vai continuar funcionando!

Publicado em 2014-05-30

O Wallpapr foi meu primeiro projeto de serviço p/ a Web, o primeiro “não-website” que criei e programei em uma madrugada, em 2006. O produto busca imagens do Flickr que você pode usar como Papel de Parede p/ seu desktop ou dispositivo móvel. Graças a mudanças na API do Flickr ele iria deixar de funcionar em 27 de junho de 2014, mas a atualização é tão simples que eu fiz em poucos segundos, o produto vai continuar funcionando.

Wallpapr buscando por "Beauty" no Flickr
Criar este produto foi um passo muito importante da minha carreira. O respeitado Lifehacker fez um post exclusivo sobre ele, além disso, recebi mais de uma centena de citações ao redor do mundo, com posts em árabe, japonês, alemão, russo, italiano, inglês e até idiomas que eu desconheço.

Construí o produto usando a API do Flickr e recentemente esta API está sendo modificada p/ aceitar apenas chamadas via SSL, coisa técnica, se vc não entende, não faz diferença, continue lendo :) Eu não pretendia atualizar o produto para usar a API via SSL, então ele iria deixar de funcionar dia 27 de junho de 2014.

[atualização 2014-06-02] Como comentei, a modificação foi super simples, bastou trocar um trecho de código que tinha “http://” para “https://”. Só percebi isso após o comentário do Victor Perin. Se for apenas isso mesmo, o Wallpapr vai continuar funcionando normalmente :)

Se você quer ver uma pequena parte da história da minha carreira e, por que não, da Web nacional – já que foi um dos poucos produtos brasileiros daquela geração a ter atenção internacional –, acesse agora e conheça este que foi o projeto que deu origem ao meu gosto por criação de produtos e empreendedorismo: Acesse o Wallpapr agora! 

Textos relacionados:

Deixe sua opinião

18 comentários

  1. Diogo Malimpense comentou:

    Bacana, Marco! Eu não conhecia o Wallpapr, mas sei como é triste ver um projeto chegando ao fim. Pelo menos, está chegando ao fim com grande estilo, né? Parabéns e sucesso!

  2. rodrigo comentou:

    Abre o código no github e deixe a comunidade dar continuidade 😃

  3. Victor Perin comentou:

    Marco, libera o código no github. Vai ajudar quem estiver querendo aprender a programar e a comunidade pode ajudar a atualizar a API. E pode ser que um dia ele volte a ficar online.

  4. Lucas R comentou:

    Legal! só uma dúvida, não seria mais interessante fazer as consultas via post, para as URLs não ficarem com endereços tão grandes.

    Sucesso!

    • Victor Perin comentou:

      Essa eu acho que consigo responder,
      Ele usou método GET porque assim é possível gerar uma URL especifica para cada busca.
      Por post, você não conseguiria exatamente o mesmo resultado. Por exemplo: se você compartilhasse um link, daqui a algum tempo, as imagens da pesquisa mudariam. Tornando seu link inútil.
      Quanto ao tamanho de uma URL, depois dos encurtadores de link, não existem mais limites! Hahaha

  5. Eduardo Quagliato comentou:

    Já pensou em publicar o código num github da vida?

    • Victor Perin comentou:

      Foi feito um blackout a dois dias atrás para que os desenvolvedores fizessem testes se iria realmente funcionar. Durante este dia eu testei e dei certo.
      Eu não tenho certeza, mas acredito que seja algum problema no flickr.
      Bem, de tempos em tempos eu vou testar aqui. Se ficar online de novo aviso. Se não, nesse final de semana passo um pente fino no código.
      Lembrando que hoje não era pra ter nenhum blackout.

    • Marco Gomes comentou:

      A pesquisa do Flickr estava fora do ar. Acaba de voltar.

  6. Victor Perin comentou:

    Confirmado. Pagina o sistema de pesquisa do flickr esta off. Confiram no twitter deles: http://twitter.com/flickr
    Podemos ficar tranquilos! :)

  7. erick kaneda comentou:

    Marco, aproveitando o assunto.
    Estou criando um serviço pra web e por enquanto não tenho o intuito de ganhar dinheiro com ele, é pra ser algo apenas para chamar de meu, mas veio a dúvida: Existe outra forma de capitalizar sem ser colocando ads? Não curto isso e torço pra um dia adblock ser nativo nos browsers, lol.