Marco Gomes

Geek, imigrante, nerd, periférico, biker. Founder da boo-box (vendida) e do Heartbit. Consigliere do JovemNerd.

Posts filed under ‘negócios’

Sobre a venda da boo-box para a FTPI Digital, meu comunicado enviado aos Publishers

Recentemente eu e meus sócios concluímos a venda da boo-box para a FTPI Digital, empresa brasileira especializada em mídia digital e content marketing que representa comercialmente sites como Spotify, Jovem Nerd, Catraca Livre, Sensacionalista, Brainstorm9, entre outros.

A boo-box continuará existindo e todos os processos de entrada na rede, veiculação de campanha e pagamentos serão normalmente conduzidos e constantemente aprimorados. Nada muda para você, que é um Publisher cadastrado em nossa rede :)

Capa do contrato da boo-box com a FTPI Digital

Destacamos que o negócio tem como objetivo aliar o melhor das duas empresas e também, trazer novas oportunidades para todos os parceiros da boo-box, que continuará existindo normalmente, mas como parte do grupo FTPI. Há três anos a FTPI Digital acompanha nossa história como parceira e representante comercial, contribuindo efetivamente para nossa expansão nacional, com presença nos mercados de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba e Recife. Boa parte das campanhas que nossa rede veiculou nos últimos anos foram vendidas pela FTPI Digital.

Com a intenção de ampliar a participação da FTPI Digital no país, a empresa encontrou na boo-box a melhor oportunidade, notadamente pela qualidade de nossa rede de Publishers, equipe, infraestrutura, tecnologia e portfolio de clientes. A sinergia entre as marcas e a parceria de longa data tornou a tomada de decisão natural e temos a certeza que o negócio irá prosperar, continuando a evolução do que construímos ao longo de 8 anos trabalhando com Publishers e anunciantes no mercado brasileiro e internacional.

Acredito que a venda da empresa é a consequência de um trabalho bem feito por todos nós. Criação, crescimento, consolidação e venda são parte da história das melhores startups de tecnologia. Em 2007, quando fundamos a boo-box, 62% das empresas abertas em São Paulo fechavam antes do 5º ano de operação, fico muito feliz em ver que nós crescemos, nos consolidamos e atraímos um comprador da qualidade da FTPI.

Clique aqui e continue lendo este texto.

Vendemos a boo-box para a FTPI

Pretendo escrever um texto pessoal em breve, mas como a notícia é quente, veja abaixo o release sobre a venda da boo-box para a FTPI.

Marco Gomes da boo-box e Guga Mafra da FTPI Digital

Marco Gomes da boo-box e Guga Mafra da FTPI Digital (foto: Fernando Mafra)

BOO-BOX É ADQUIRIDA PELA FTPI DIGITAL

Acordo une empresas protagonistas do conteúdo independente brasileiro

Clique aqui e continue lendo este texto.

LANÇAMENTO: Graava, a 1ª câmera que usa sensores e inteligência artificial para editar vídeos automaticamente

Você pode gravar 3 horas de vídeo e pedir para a Graava fazer um filme com apenas os melhores 5 minutos, por exemplo. A câmera tem vários sensores, como acelerômetro e GPS, e usa a informação destes sensores mais inteligência artificial para editar vídeos automaticamente. O projeto foi criado no Vale do Silício por uma incrível equipe de brasileiros, eu sou conselheiro do time.

Diariamente são gravadas milhões de horas de vídeo, mas a maior parte vira lixo porque as pessoas não têm tempo, paciência ou ferramentas para editar o conteúdo gravado. A Graava foi projetada para editar vídeos automaticamente, permitindo que você use seu tempo nas coisas que importa em vez de ficar lidando com horas de conteúdo. Hoje é o anúncio oficial da Graava, a câmera revolucionária que usa Inteligência Artificial e sensores embutidos para editar automaticamente seus vídeos. Compre a sua hoje!

Clique aqui e continue lendo este texto.

O que acontecerá quando o trabalhador se tornar obsoleto? Um Mundo Sem Trabalho – The Atlantic

Um aparelho de telefone sendo apresentado como uma peça de museu

O trabalho mais comum nos EUA é servir e cobrar comida e bebida, em breve este trabalho será substituído por tecnologia. O trabalho mais comum entre homens nos EUA é o de motorista, muito em breve carros não precisarão mais de humanos dirigindo. O que pode acontecer com a sociedade quando a tecnologia tornar o trabalhador desnecessário?

Clique aqui e continue lendo este texto.

Dicas de segurança da informação para homens e mulheres de negócios

Proteger seus dados e comunicações é tão importante quanto analisar relatórios e fazer vendas. Veja dicas para melhorar a segurança das suas informações.

Ilustrações representando segurança da informação e as palavras "Protect Your Data"

Os últimos acontecimentos na imprensa brasileira me evidenciaram o quanto os executivos não sabem proteger suas informações e dados que deveriam ser confidenciais e sigilosos. Tenho a impressão que a maior parte dos executivos e profissionais de alto-escalão das empresas brasileiras deixa a segurança da informação em segundo plano e provavelmente usa serviços de email mantidos por publicidade e sem criptografia, como Gmail e Outlook; e provavelmente deixa seus documentos importantes, como planilhas e contratos, na área de trabalho do laptop, que normalmente é protegido por uma senha fraca como a data de aniversário da filha.

Em minha opinião, proteger as informações sigilosas de seu dia-a-dia no trabalho é tão importante quanto saber lidar com elas, fechar contratos e fazer vendas. As informações sobre negociações, preços, contratações e movimentos de mercado são cruciais para a boa gestão de uma carreira profissional e deixar essas informações vazar pode trazer sérios prejuízos e até consequências pessoais para os envolvidos.

Clique aqui e continue lendo este texto.

Contrariando as Estatísticas, minha palestra no #TEDx

Estatísticas são um retrovisor, não são um trilho.

A taxa de mortalidade de adolescentes por homicídio no DF é 6 vezes maior que nos EUA; 62% das empresas paulistas morre antes dos 5 anos de existência; e a idade média do fundador de empresas em São Paulo é de 37 anos. Pode um jovem nascido na periferia do DF contrariar as estatísticas, fundar uma empresa premiada internacionalmente por sua inovação, e ser reconhecido por ONU, Forbes e WTN como um dos melhores profissionais de tecnologias de marketing do mundo?

Clique abaixo e veja minha apresentação feita no #TEDx Universidade de Brasília, em 21 de março de 2015.

Empreendedor, você sabe a diferença entre Common Stock e Preferred Stock?

Já pensou se você vende sua empresa por dezenas de MILHÕES™ e sai sem 1 centavo no bolso? Pode acontecer, veja o meu novo vídeo do #140mba e entenda este cenário:

Clique aqui e continue lendo este texto.

Por que fazemos o que fazemos? Ou: Qual o valor social do nosso trabalho?

É sempre bom quando um beneficiado pelo nosso trabalho nos lembra do porque fazemos o que fazemos.

Clique aqui e continue lendo este texto.