Marco Gomes

Geek, imigrante, nerd, cristão, biker. Founder da boo-box (vendida) e do Heartbit. Consigliere do JovemNerd

A paixão por produtos Apple se firma nos detalhes

Publicado em 2007-06-13

Até alguns meses atrás eu não entendia o motivo de haverem tantos MacManíacos no mundo, pessoas que gostavam de computadores que, em minha ignorante opinião, eram caixas-preta não customizáveis, caros, incompatíveis com outros computadores, sem suporte aos periféricos e programas mais modernos. Como eu era burro, Deus me perdoe.

Hoje, que tenho o incrível número de dois produtos Apple, entendo perfeitamente a paixão por produtos dessa marca: é nos detalhes que se constrói uma relação emocionante e inseparável (escrever isso no fim de um dia dos namorados é nerd ao extremo hein!)

Esse texto não pretende comparar os produtos Apple com outros, o objetivo é apenas mostrar a genialidade desta empresa ao projetar as coisas. O que você vai ler abaixo é uma opinião baseada em minha experiência pessoal, <sacástico>se quer um review imparcial vá para a imprensa especializada</sarcástico>.

Os produtos Apple já vêm carregados, isso te conquista logo de cara: não é igual celular, que eu preciso deixar 24 horas carregando? Posso mexer agora?.

Se você junta quaisquer produtos Apple, eles funcionam harmoniosamente, mouse bluetooth, ipod, monitores Cinema, outro iPod, mais um iPod… Pode ir juntando, eles não vão brigar.

A unidade visual é invejável, o controle remoto dos MacBooks tem os mesmos botões do iPod Shuffle, os iPods têm basicamente a mesma interface desde sempre, Mac OS X é sempre o mesmo, esteja ele em um G4 466 Mhz ou em um MacBook Pro novíssimo.


Apple Remote
Qualquer pessoa pega e usa, sem necessidade de manual, alguém aí já viu curso de Mac OS X Básico em escolas de informática? Curva de aprendizado é inexistente em alguns casos, como o do controle remoto do MacBook, que é idêntico ao iPod Shuffle, quem usa um usa o outro abobalhadamente: peraí, é igual?.

iPod Shuffle[bb]

iPod Shuffle 1 Gb

A nova geração de Shuffles é a sintetização da simplicidade: 5 botões e 2 switches que abrem um mundo novo aos seus ouvidos.

Se você armazena podcasts e músicas no aparelho, os podcasts não são tocados quando o aparelho estiver em modo aleatório, você não vai ouvir o rap francês do Enhancer e na sequência se deparar com a saudação dos bêbados do podcast Digg Nation. Podcasts só no modo sequencial.

Se você estava ouvindo um podcast de 50 minutos, e parou de ouvir no minuto 34:23, não importa se vc foi ouvir músicas no modo aleatório, desligou o aparelho ou deixou a bateria acabar, quando você voltar naquele podcast ele vai estar no mesmo ponto, 34:23, se quiser voltar ao início basta apertar pra trás, se, ao invés disso, quiser voltar só um pouco pra relembrar do que afinal eles estavam falando, segure pra trás.

O aparelho é tão pequeno que fica fácil sumir, né? Não. Ele tem um prendedor que não deixa o aparelinho cair do bolso ou se perder no carro de um amigo. O fone de ouvido usa plugue P2, comum, mesmo o aparelho sendo minúsculo eles não cometeram o pecado de usar um fone de ouvido com plugue que só a Apple fabrica, como fazem os espertíssimos fabricantes de aparelhos celulares.

MacBook[bb]

MacBooks

Já disse um colega de trabalho: esse é o estado da arte dos laptops. Como foi dito, ele já vem carregado, você abre e o bicho funciona, não precisa nem apertar o power. Na primeira execução ele pergunta qual deve ser o idioma do sistema operacional, nome, endereço, se já possui outro Mac do qual queira importar os dados… Após algumas perguntas ele está na sua frente, funcionando, sem instalação, sem correr atrás de CD de driver, sem digitar serial.

O wireless já vem ativado, se houver uma rede wi-fi disponível o sistema se atualiza sozinho, e você pode navegar na internet e configurar suas contas de e-mail, se quiser.

A câmera iSight que vem embutida nos modelos mais recentes é incrível, uma DVI melhor que qualquer webcam, e simplesmente funciona, assim como o microfone, não há nada para instalar. Se vc possui uma câmera digital, impressora ou qualquer outro periférico, basta plugar, plug n play levado à sério, com ênfase no play.

Meu celular Nokia 7610 é reconhecido e os dados são sincronizados automaticamente, via bluetooth, calendário e contatos iguais no celular e laptop, além disso, enviar e receber outros tipos de arquivos, como fotos e vídeos, é simples como mandar um SMS.

Os programas para manipulação de imagens, sons, videos, gerenciamento de milhares de fotos, chat com video conferência, tudo já vem com o sistema, e são programas bons, não é coisinha peba feita a 10 anos atrás.

Seu sobrinho está cruzando a sala, engarrancha o pé no fio do carregador e lá se vão 4, 6, 8 mil reais em queda livre, no décimo de segundo mais longo e caro da sua vida. Em MacBooks isso não existe, o carregador MagSafe é preso com imã, se alguém tropeçar ele despluga e o laptop fica imóvel sobre a mesa.

Por ser baseado em Darwin, um sistema OpenSource de núcleo BSD, o sistema operacional é estável feito uma rocha e a prova de virus como só um sistema Unix pode ser. Esqueça telas azuis, erros fatais, operações ilegais, e prepare-se pra deixar seu sistema sem restart por meses, até anos se necessário. Tenho uma amiga que desligou o MacBook dela 4 ou 5 vezes ao longo de 2 anos.

MacBook Black[bb]

O MacBook é discreto e bonito, é incrível como conseguem colocar tantas entradas e plugues em algo que parece um bloco preto sem orifícios ou cantos. Mais bonito que o hardware é o software, ações simples como, minimizar uma janela ou mudar o ambiente de trabalho (trocar de desktop), se tornam prazerosas. Não é excesso de frescura, já que você sempre pode retirar as pirotecnias e ficar só com o que te deixa mais produtivo.

É por essas e outras que eu entendo a paixão por Macs, iPods e outros produtos Apple, e fico me perguntando o que a turma do Jobs faz pra ser tão inspirada e competente. Hoje, após um ano de transição do PC pro Mac (começou com a instalação do OS X no meu Athlon) eu não me imagino usando outro computador.

Textos relacionados:

Responda o comentário de Wilian Gomes

19 comentários

  1. Walmar Andrade comentou:

    Cara, postei exatamente sobre esse assunto hoje. Nunca tive muita vontade de ter nada da Apple. Nunca botei minhas mãos em nada da Apple, a não ser um iPod nano. Mas depois de ver os keynotes do Jobs sobre o Leopard e o iPhone, a tentação bateu.

  2. Eduardo Marques comentou:

    Hehehe! :-D

    Bem-vindo ao mundo Mac! E isso vicia mesmo! :-D

  3. Thiago Carneiro comentou:

    O meu chegou ontem!!!! YESSS
    Só falta eu pegar nos correios!!!

    Não tenho uma start up, mas… também tenho um Macbook!!

  4. Matt comentou:

    O vídeo do novo Leopard já nos leva a outro mundo. O primeiro mundo.

    Eu, e acredito que muitas pessoas também estejam no mesmo barco, sou louco pra passar uma semana com um MacBook pra fazer um test-drive descente.

    O problema seria eu confirmar tudo o que eu imagino que seja um MacBook, eu não teria dinheiro pra comprar um.

  5. Wilian Gomes comentou:

    Meus parabens pela conquista. só tenho a agradecer a Deus por vc crecer a cada dia! te Amo!

  6. Wendely Leal comentou:

    Ontem eu conversei um pouco com meu professor da facul sobre Macs.

    A conversa foi continuação de outro dia, quando um dos grupos que iam apresentar trabalho disse que a cópia gravada num programa x.1 da Windows Vista não estava rodando noutro programa x.0 do Windows XP.

    Ele tirou o PowerMac G4, apontou pra maçã acesa e disse algo do tipo: “Eu não ganho nada falando dessa maçã, mas aquilo ali, desde sua concepção, não é confiável. Não é pra trabalho.”…

    A conversa de ontem foi ele falando do “simplesmente acontece” do Mac e me mostrando as funcionalidades do Mac antigo dele… Primeiro ele segurou o “esc” e falou “spotlight” e a caixinha do buscador apareceu. Não que precisasse… o que realmente importa está a um ou dois cliques, ele mostrou.

    O resto da babação nem vou comentar, senão vai um bom tempo de sono e mais um bom espaço dos seus comentários :)

    Fico ansioso pra trabalhar com um Mac. Ainda compro um :)

  7. Márcia comentou:

    “Ainda compro um”… :P

  8. Daniel Souza comentou:

    Quase todas as caracteristicas que você citou se concentram em uma nova disciplina: o design de interação.
    E apesar do jobs receber todos os créditos, esta visão para os produtos apple começou há mais de uma década, na cabeça de um gênio, um visionário, chamado Jef Raskin.

  9. Bruce~ comentou:

    Eu nunca tive uma experiência mac… Me dá um?

  10. Marcelo comentou:

    Marco, tu sabe que eu uso mac a pouco tempo, mas gosto muito da plataforma, mas tem algumas coisas que tenho que corrigir =)

    1) Celulares não precisam mais dessa carga. Isso era uma necessidade da tecnologia antiga das baterias. Agora não precisa mais disso a um tempo. Vem escrito no manual =)

    2) Mesmo com os phones. tomaram vergonha e os telefones agora estão vindo com pluges normais. E Mais modernos : meu celular por exemplo tem saida de video no mesmo plugue de som, igual as cameras =) nice ein?

    3)Daniel, O Raskin foi um genio sim, e ganhou o devido reconhecimento a algum tempo atrás, mas desculpa a filosofia apple vem do jobs, e principalmente da mente que ele encontrou pra materializar de forma perfeita a filosofia. Jonathan Ives. Esse cara é o que não aparece, mas está por trás dos produtos absurdos que a apple cria. Entre outros claros.Raskin teve um trabalho importante durante o projeto do primeiro “macintosh” e saiu antes do fim do projeto, onde trabalhou na UI, brigado com o steve jobs. ou seja, infelizmente seu tempo na apple foi curto de mais para ele influenciar como vc coloca. (e eu adoro o trabalho dele, principalmente o Archy(se ja não testou, teste =) ) teve muita gente envolvida que não aparece tanto, e muitos dos claims do raskin são colocados como do grupo.

    Agora o que eu acho importante do trabalho no dia a dia com apple :

    A atenção ao detalhe. O OSX é tão bem trabalhado, tão bem acabado, que dá vontade de vc ficar melhorando o seu trabalho até ele ficar “bonito” e usavel como aquilo que vc usa. é a influência pelo “ambiente”. Isso é saudável. Vale a pena aprender com eles em muitas coisas.

    Minhas 2 lições da apple:

    1 – O hardware se adapta a necessidade do produto e não vice versa

    2 – Usuário tem nível de experiência mas não é leigo ou burro. Ou seja : de simplicidade pra quem precisa, e poder pra quem sabe usar.

    Minha dica pra quem usar apple é outra : Cuidado com o fanatismo. Macs tem problemas. Macs travam. Macs não tem virus pq são um mercado de nicho. O iphone não troca a bateria =). Não ande com um macbook pro em sleep dentro da mochila.(sleep nao funciona em quase nenhuma plataforma direito).Evite usar aplicativos Java, pq eles sim deixam a experiência no mac sofrível! Mail tags rocks! E o leopard é mais um service pack do que um sistema novo :p E olha que eu gostei muito do quick look!

    Abs!

    Marcelo

  11. Anderson Alk comentou:

    Be happy, buy a Mac! ( ou use qualquer coisa não MS) =)

  12. Nandico comentou:

    Outro dia eu tava falando com minha mulé que eu só largo o meu Macbook Pro se for para comprar um outro Mac. Tô um pouquinho ainda mais feliz porque passei a operar a 2 GB de RAM desde a semana passada) =)

  13. Dirceu Jr. comentou:

    Up.
    “O problema da Microsoft é que eles não tem bom gosto. Nós da Apple, todos que trabalham aqui são pessoas de extremo bom gosto…”

  14. Henrique Gonçalves comentou:

    meu sistema esta caindo direto , mal consigo teclar ate pra escrever sobre este fato . tenho de parar de teclar para olhar p tela pra ver se ainda estou linkado .gostaria de saber a que se deve esse fato que ja esta me deixando irado . ha solução pra isso ? o que fazer ?

  15. john comentou:

    Eu uso um macBoock pro desde Junho de 2008, e acreditem, agora ja nao me consigo habituar com PCs. Na escola uso o meu MAC, porque nao consigo usar windows. eu lembro-me, tudo o que fazia no windows, desde escrever textos a piratear programas, passando por editar videos. tudo isso agora sei fazer tambem no mac. com a diferenca que sai melhor e a primeira tentativa. ganho tempo e faso o que quero, mas melhor.

  16. tito comentou:

    Cara, fazendo uma analogia das mais porcas, é como se vc tivesse a vida inteira assistido tv em uma tela de 5 polegadas e depois assistir uma de 300 se é que existe isso!

  17. John comentou:

    Basicamente foi isso que aconteceu, com a diferenca que se visse tv numa tela de 300 polegadas, ficava com um turcicolo XP

  18. fabricio comentou:

    Olá boa tarde!
    Meu magsafe adapter caiu da tomada a uma altura de 1m e agora não liga, nem carrega me mac. O que posso fazer? Comprar outro? Tentar concerto abrindo?
    um abraço