Marco Gomes

Fundador da boo-box (vendida); co-fundador do Mova Mais e Consigliere do Jovem Nerd. Empreendedor, cristão, viajante, ciclista e nerd.

Growth Hacking: Mudamos uma frase e melhoramos em 48% a taxa de conversão do site

Melhoramos em 48,3% a taxa de conversão da nossa home page com um teste A/B. Apresentamos 5 variações de call to action (chamada principal do site) para os visitantes. A nova versão vence a anterior em 93% dos casos.

Mova Mais acompanha sua rotina de exercícios físicos e te recompensa nos principais programas de benefícios do Brasil. Te incentivamos a se exercitar em troca de pontos em programas de fidelidade que podem te ajudar a adquirir viagens, serviços e produtos. Os benefícios são financiados por empregadores, planos de saúde ou patrocinadores. Atualmente os pontos Mova Mais podem ser convertidos em pontos Multiplus, este saldo extra vai te deixar mais próximo do resgate de voos, aluguel de carros, eletrônicos e muito mais.

O nosso objetivo principal no site é fazer novos usuários clicarem no botão “Cadastre-se usando Facebook” que fica bem no meio da tela; para incentivar o clique no botão, colocamos um call to action (chamada principal) logo acima do botão, descrevendo nossa proposta de valor para o visitante do site.

O teste A/B

Relatório do VWO

Usando a ferramenta VWO (Visual Website Optimizer), fizemos um teste em novembro de 2015, avaliando 5 versões do call to action.

Clique aqui e continue lendo este artigo direto no blog do Mova Mais.

Sobre a venda da boo-box para a FTPI Digital, meu comunicado enviado aos Publishers

Recentemente eu e meus sócios concluímos a venda da boo-box para a FTPI Digital, empresa brasileira especializada em mídia digital e content marketing que representa comercialmente sites como Spotify, Jovem Nerd, Catraca Livre, Sensacionalista, Brainstorm9, entre outros.

A boo-box continuará existindo e todos os processos de entrada na rede, veiculação de campanha e pagamentos serão normalmente conduzidos e constantemente aprimorados. Nada muda para você, que é um Publisher cadastrado em nossa rede :)

Capa do contrato da boo-box com a FTPI Digital

Destacamos que o negócio tem como objetivo aliar o melhor das duas empresas e também, trazer novas oportunidades para todos os parceiros da boo-box, que continuará existindo normalmente, mas como parte do grupo FTPI. Há três anos a FTPI Digital acompanha nossa história como parceira e representante comercial, contribuindo efetivamente para nossa expansão nacional, com presença nos mercados de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba e Recife. Boa parte das campanhas que nossa rede veiculou nos últimos anos foram vendidas pela FTPI Digital.

Com a intenção de ampliar a participação da FTPI Digital no país, a empresa encontrou na boo-box a melhor oportunidade, notadamente pela qualidade de nossa rede de Publishers, equipe, infraestrutura, tecnologia e portfolio de clientes. A sinergia entre as marcas e a parceria de longa data tornou a tomada de decisão natural e temos a certeza que o negócio irá prosperar, continuando a evolução do que construímos ao longo de 8 anos trabalhando com Publishers e anunciantes no mercado brasileiro e internacional.

Acredito que a venda da empresa é a consequência de um trabalho bem feito por todos nós. Criação, crescimento, consolidação e venda são parte da história das melhores startups de tecnologia. Em 2007, quando fundamos a boo-box, 62% das empresas abertas em São Paulo fechavam antes do 5º ano de operação, fico muito feliz em ver que nós crescemos, nos consolidamos e atraímos um comprador da qualidade da FTPI.

Clique aqui e continue lendo este texto.

Vendemos a boo-box para a FTPI

Pretendo escrever um texto pessoal em breve, mas como a notícia é quente, veja abaixo o release sobre a venda da boo-box para a FTPI.

Marco Gomes da boo-box e Guga Mafra da FTPI Digital

Marco Gomes da boo-box e Guga Mafra da FTPI Digital (foto: Fernando Mafra)

BOO-BOX É ADQUIRIDA PELA FTPI DIGITAL

Acordo une empresas protagonistas do conteúdo independente brasileiro

Clique aqui e continue lendo este texto.

7 dicas para ter hospedagem barata no Airbnb, com segurança e conforto

Após 20 experiências no Airbnb, desenvolvi algumas dicas para quem quer se hospedar economizando, vivendo como um local e mantendo o conforto, privacidade e segurança.

Marco e Talita em frente a um trailer transformado em quarto, dentro de um galpão reformado como moradia

Um dos locais mais excêntricos e fofos que já nos hospedamos, um trailer transformado em quarto, dentro de um galpão reformado como moradia, Los Angeles (via Airbnb)

Eu costumo viajar bastante, a trabalho e a lazer. Ano passado estive em 12 países (em 12 meses, dá 1 país por mês), incluindo Liechtenstein e Estado da Palestina. Quando você passa a viajar tanto, cria táticas para economizar enquanto viaja bem, aumentando assim o número de viagens possíveis dentro do orçamento disponível.

Clique aqui e continue lendo este texto.

LANÇAMENTO: Graava, a 1ª câmera que usa sensores e inteligência artificial para editar vídeos automaticamente

Você pode gravar 3 horas de vídeo e pedir para a Graava fazer um filme com apenas os melhores 5 minutos, por exemplo. A câmera tem vários sensores, como acelerômetro e GPS, e usa a informação destes sensores mais inteligência artificial para editar vídeos automaticamente. O projeto foi criado no Vale do Silício por uma incrível equipe de brasileiros, eu sou conselheiro do time.

Diariamente são gravadas milhões de horas de vídeo, mas a maior parte vira lixo porque as pessoas não têm tempo, paciência ou ferramentas para editar o conteúdo gravado. A Graava foi projetada para editar vídeos automaticamente, permitindo que você use seu tempo nas coisas que importa em vez de ficar lidando com horas de conteúdo. Hoje é o anúncio oficial da Graava, a câmera revolucionária que usa Inteligência Artificial e sensores embutidos para editar automaticamente seus vídeos. Compre a sua hoje!

Clique aqui e continue lendo este texto.

O que acontecerá quando o trabalhador se tornar obsoleto? Um Mundo Sem Trabalho – The Atlantic

Um aparelho de telefone sendo apresentado como uma peça de museu

O trabalho mais comum nos EUA é servir e cobrar comida e bebida, em breve este trabalho será substituído por tecnologia. O trabalho mais comum entre homens nos EUA é o de motorista, muito em breve carros não precisarão mais de humanos dirigindo. O que pode acontecer com a sociedade quando a tecnologia tornar o trabalhador desnecessário?

Clique aqui e continue lendo este texto.

Por que o capacete para ciclistas é apenas um boné de isopor sem qualquer poder mágico

Criança pedalando em ciclovia, sem capacete.

Foto por: Rachel Schein

Daniel Guth e João Lacerda escreveram um excelente artigo na Folha sobre o uso de capacete por ciclistas. A idéia (tanto lá quanto aqui) não é desencorajar o uso do equipamento, mas combater a frequente idéia de que capacete deveria ser obrigatório para ciclistas. Capacete não é item obrigatório para ciclistas, e nem deve ser.

Clique aqui e continue lendo este texto.

Dicas de segurança da informação para homens e mulheres de negócios

Proteger seus dados e comunicações é tão importante quanto analisar relatórios e fazer vendas. Veja dicas para melhorar a segurança das suas informações.

Ilustrações representando segurança da informação e as palavras "Protect Your Data"

Os últimos acontecimentos na imprensa brasileira me evidenciaram o quanto os executivos não sabem proteger suas informações e dados que deveriam ser confidenciais e sigilosos. Tenho a impressão que a maior parte dos executivos e profissionais de alto-escalão das empresas brasileiras deixa a segurança da informação em segundo plano e provavelmente usa serviços de email mantidos por publicidade e sem criptografia, como Gmail e Outlook; e provavelmente deixa seus documentos importantes, como planilhas e contratos, na área de trabalho do laptop, que normalmente é protegido por uma senha fraca como a data de aniversário da filha.

Em minha opinião, proteger as informações sigilosas de seu dia-a-dia no trabalho é tão importante quanto saber lidar com elas, fechar contratos e fazer vendas. As informações sobre negociações, preços, contratações e movimentos de mercado são cruciais para a boa gestão de uma carreira profissional e deixar essas informações vazar pode trazer sérios prejuízos e até consequências pessoais para os envolvidos.

Clique aqui e continue lendo este texto.